<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1298863600466566&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Novos bolsistas acompanham aula inaugural realizada pela ENM

por Mahila Lara, em 26/02/2021 12:59:42

Com propósito solidário, escola visa democratizar o ensino jurídico

aula-inaugural-ENM-4-1

Os 85 estudantes brasileiros que ganharam bolsas de estudo integrais na Escola Nacional da Magistratura (ENM) foram recebidos na tarde desta quinta-feira (25) com uma aula inaugural em formato de live. Na abertura do evento, a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, falou sobre a iniciativa da ENM em democratizar o acesso à educação no Brasil.

"A ENM adere a modalidade de ensino on-line especialmente pensando na inclusão daqueles que, neste momento, não podem custear os seus estudos", afirmou a magistrada. "Pude perceber nos requerimentos de bolsas que vocês são obstinados ao sucesso e lutam para melhorar a qualidade de vida. Fico emocionada com tamanho esforço e quero dizer que tudo é possível. Estudem!", disse Renata Gil.

Leia mais sobre a iniciativa aqui.

O diretor-presidente da instituição, Caetano Levi Lopes, deu boas-vindas e congratulou os novos alunos de 2021. "Temos um objetivo comum com a AMB: proporcionar à sociedade brasileira uma educação de qualidade. Os magistrados também estão comprometidos com a causa pública", afirmou.

Para aqueles que têm o sonho de ingressar na magistratura, o desembargador contou que o Brasil ainda é um país de muitas oportunidades. O magistrado afirmou que vale a pena se dedicar ao sonho. "Não se preocupem com os desafios porque eles existem em qualquer área. Estudem e se dediquem", disse Caetano Levi.

Assista aqui:



Mário Luiz Ramidoff, 2º-vice-diretor da ENM, falou sobre o diferencial do ensino oferecido pela instituição. "Nas nossas aulas, oferecemos mais do que a percepção sobre questões relacionadas às técnicas normativas. Ensinamos também como o magistrado pode encontrar apoio nas associações estaduais e na AMB para enfrentar o dia a dia da carreira", disse.

Leonardo Roscoe Bessa, procurador do Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT), palestrou sobre atualização acadêmica e estudo para concurso público. "Cada um tem uma técnica de estudo, dificuldades e habilidades. Você tem que descobrir o que dá certo no seu caso", aconselhou.

O procurador afirmou que os temas estudados devem ser entendidos, aprofundados e desenvolvidos. "Não se pautem unicamente em serem aprovados nos cursos. Vão além do que os professores exigem. Façam estágios desde o início. Quando você tem contato com a realidade se torna um aluno questionador", afirmou.

O diretor do UOL Edtech, Wilson Marchionatti, que apoia a ENM na parte tecnológica e educacional, falou sobre a tecnologia no processo de desenvolvimento educacional.

Tópicos:ENM

Comentários

Sobre essa página

Este é o local oficial de divulgação de informações e publicações da Escola Nacional da Magistratura. Inscreva-se abaixo e faça parte deste grupo exclusivo.

Mais...

Faça parte. Inscreva-se e receba em seu email.